Review: Pro Evolution Soccer 2015

4eaea342c41cdfc1cf25e10d4d7eff02

 

O game Pro Evolution Soccer 2015 é mais um jogo da série PES da Konami. Foi lançado no dia 11 de Novembro no Brasil. O Jogo está presente nas plataformas Microsoft Windows, Playstation 3, Playstation 4, Xbox 360 e Xbox One.

Apresentação:

O menu inicial apresenta cinco abas, Em Casa, Partida, Competição, Vida Futebolística e Extra. Está bem organizado, dando para ver claramente onde jogar a Champions League, Europa League, Libertadores e AFC Champions League (Ásia) exclusivos do PES. O jogo apresenta além disso a opção de jogar ligas, copas e Master League. Nas ligas tem a função para você jogar todos os campeonatos disponíveis no jogo como, por exemplo, o campeonato Inglês. Nas copas você pode jogar a Eurocopa, Copa América e as outras copas de outros continentes. O Master League está bom, mas para o gamer jogar com jogadores fictícios é bem ruim e a parte das transferências está regular. Falta apresentar mais ligas e clubes para o gamer jogar. O Rumo ao Estrelato você pode jogar como jogador em todas as funções do campo. O jogo apresenta diversos campeonatos como Campeonato Inglês (Primeira Divisão e Segunda Divisão), Campeonato Italiano (Primeira Divisão e Segunda Divisão), Campeonato Espanhol (Primeira Divisão e Segunda Divisão), Campeonato Francês (Primeira Divisão e Segunda Divisão), Campeonato Brasileiro (Exclusivo do PES) mais o Vasco, Campeonato Português, Campeonato Holandês e Campeonato Argentino. Os erros do PES continuam na falta de licenciamento de Clubes, e maior erro ou falta foi o Campeonato Alemão. Só tem três times alemães (Bayern Munchen, Schalke04 e Bayer Leverkusen). Não tem o segundo atualmente melhor time da Bundesliga que é o Borussia Dortmund. Esse clube tem contrato exclusivo da EA. É uma pena não ter uma das melhores ligas do mundo. Mas dá para o jogador fazer a liga alemã nas ligas fictícias. Mas em geral o jogo melhorou bastante com a versão de 2014 que foi deplorável.

Nota:7,5/10

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=duZE_4WR_sc]

Gráficos:

Os gráficos estão melhores. As faces dos jogadores conhecidos ficaram muito realistas. Porém com jogadores desconhecidos continuam errando, como nas versões anteriores. Os gramados estão muito realista, bem marcado. A iluminação, estádio e uniformes estão ótimos também. As jogadas dos jogadores estão muito melhores que a do PES 2014. Ficaram realistas os movimentos, mas há certo exagero em algumas jogadas como, por exemplo, o lançamento e a lambreta.

Nota: 9,2/10

Som:

A trilha sonora do jogo é boa. Tem bandas como Linkin Park e Imagine Dragons. Depende do gosto da pessoa. O som nos estádios é ótimo com cantos das torcidas.

Nota: 9/10

Jogabilidade:

A jogabilidade do PES melhorou muito em comparado com uma das piores versões que foi o PES 2014 considerado por muitos o pior jogo da série em anos. O chute e o passe tem um medidor de força que o gamer precisa se acostumar para conseguir fazer estas funções com perfeição, mas quando o jogador se acostuma com elas não tem nenhum problema. O controle de bola está excelente, e em relação aos movimentos dos goleiros continuam dando bugs, mas apresentaram uma melhora gratificante. Vale ressaltar que o jogo fica muito truncado às vezes mas dá para ajustar com o nível de dificuldade.

Nota: 8/10

Nota Final –  8,4

Comentários

Sem Spoiler Por favor.

termos de pesquisas!

Nobody landed on this page from a search engine, yet!