Revisão :Estratégia: R.U.S.E

O jogo conta com modos campanha(1), multiplayer e operações .

A campanha se passa durante a  segunda guerra mundial e você assume o papel de  Joe Sheridam Major da 1° divisão armada(divisão de tanques)do Exercito Americano junto com o Coronel Britânico Andrew Campbell contra o exercito Alemão e o Italiano(até a rendição) (principalmente o Major General Erich Von Richter) desde 39 a 45 (começando pela campanha da África até quase o fim da guerra(não aparece nenhum conflito contra o japão), e algumas missões extras é claro) logo de inicio é feita referencia  a um espião de codinome Prometheus que fornece informações muito precisas aos alemães mas depois esse espião não é mencionado por um tempo e a história que não é muito envolvente(eu já sabia quem era o espião antes da metade do jogo) e gira mais em torno dos personagens que não tem aquele carisma que faz você se lembrar dele depois do jogo.

Jogabilidade :
O foco principal do jogo são as batalhas em si ,cada cenário é  gigantesco embora nas missões de campanha você não possa explorar todo cenário a sensação de uma grande batalha( o que misturado com a trilha sonora bem trabalhada dos tiros e explosões da um ótimo toque) ocorrendo ao seu redor(pois existem outras divisões alem da sua batalhando no mesmo cenário) é bem excitante,
no seu arsenal consta infantaria
armas anti tanque tanques ,destruidores de tanques artilharia e armas anti-áreas arias,inclusive de longo alcance e força aeria.

o sistema de batalha é descrito por alguns como estilo papel e tesoura (exe infantaria contra unidades anti tangue e tangue contra infantaria) mas na pratica é possível fazer varias emboscadas e táticas com os R.U.S.E disponíveis(na verdade sem eles certas jogadas ficam muito difíceis e recomendo o domínio deles para o multiplayer, eu mesmo fiquei 30 minutos acumulando tropas para deter uma artilharia falca (coberta por armas anti tanque escondidas em floresta) que cobria armas anti-aéreas) por teimar em não usar os R.U.S.E(mas se você é daqueles que gosta de encarar o jogo de foice na mão esse é o jogo , especialmente no hard (a dificuldade varia muito de um modo a outro e se você não usa os Ruses é pior ainda)
o sistema de batalha não é o mais realista (exe armas anti-tanque e destruidores tanque não disparam contra infantaria em hipótese alguma,fazendo muitas unidades muitas vezes muito caras muito indefesas, fora os aviões precisarem de dados de reconhecimento,tipo n pode atacar o que n sabe o que é, dos alvos para atacar com exceção dos grandes bombardeiros, mas todo mundo sabe que os aviões antigos davam rasantes nos alvos eles já os avistavam por conta própria) o que em matéria de jogos de estratégia com o tema da segunda guerra considero uma coisa boa pois em jogo que utiliza armamento antigo realismo e diversão nem sempre andam juntos mas esse não foi o caso(poderia sim haver mais realismo) pois  você precisa ter realmente varias unidades cobrindo umas as outras o tempo todo, lembrando que nesse jogo as unidades não possuem barra de energia , elas vão ficando escuras
Medida que levam dano e se isso para elas se regeneram espontaneamente, mesmo construções,(ou seja a tática bater e correr não funciona a menos que você destrua totalmente a unidade que atacou)

também existe um sistema de ranking(que n detectei serventia fora do combate multiplayer, (onde o jogador pode escolher entre Reno Unido, EUA , França,Alemanha ,Italia e União Sovietica  cada qual com suas forças e fraquezas), mas um player de ranking alto não é necessariamente um bom jogador pode só indicar que jogou bastante tempo, que é definido pela experiência do jogador ,exe ganha em batalhas no modo campanha ou  pré definidas.

uma dica para quem leu algo a respeito ou já jogou o jogo, a utilidade da infantaria no jogo é muito questionada mas aqui vai um lembrete que ela serve para fazer  emboscadas letais em florestas e cidades e pode tornar a vida de seu inimigo um inferno, eu mesmo destrui colunas inteiras de tangues só com infantaria bem posicionada! e lembrando que ela é útil para capturar estruturas e destruir armas anti-tanques artilharia.

Os R.U.S.E: Consistem em vários tipos desde silencio de radio para camufhar as unidades até uso de espiões para revelar as unidades do inimigo,o uso de estruturas e unidades falsas.
Considerações finais: O jogo é bom mas poderia ter sido mais trabalhado na parte da história e do realismo e quem só esta acostumado com estratégias de  Command and Conquer pode estranhar um pouco este jogo , donos de PS3 e Xbox devem conferilo já que como todos sabem é raro sair jogo de estratégia para consoles.
 E a verção de PS3 tem suporte para o Move(que parece que facilita muito o controle das unidades no jogo) novo controle por sensor de movimento da Sony (que tem recebido otimas criticas,confira no final da materia, e ganhou o prémio ciência Popular de 2010  por “O Mais Imersivo Controle de Game”
Onde Adquirir:  pode ser adquirido na UZ Games por 199,90 para PS3. 
Minha nota Nota : 7.5 PC

Critica Internacional

Nota Agregada

GameRankings    74.8% (PS3)
                          76.9% (X360)
                          78.2% (PC)
Nota de Revisão


Edge   8.0/10


IGN   8.0/10 PS3/Xbox 360 
        8.5/ Pc Editors Choise

Indicações : Indicado a Melhor jogo de estrtégia de PC de 2010 por IGN.

Playstation Move:

Computer and Video Games   9/10
Game Informer 8/10 stars
IGN8.5/10
TechRadar 4/5 stars
PC Magazine 4/5 stars
Engadget7/10
CNET 3/5 stars
USA Today 3/4 stars

Vencedor do o prémio ciência Popular de 2010  por “O Mais Imersivo Controle de Game”

Onde adquirir:  Pode ser Adquirido na UZ Games por 799 reais

Comentários

Sem Spoiler ou Será banido!